Análises

Biomas esquecidos

André Martius ·
30 de julho de 2008 · 13 anos atrás

De André Martius Sugiro ao nobre biólogo e doutor Fábio Olmos, com gosto pela relação entre ecologia, economia e antropologia, que leia o livro “A ecologia política das grandes ONGs transnacionais e conservacionistas”, elaborado do Professor Antônio Carlos Diegues (NUPAUB – USP), acerca do papel das populações tradicionais e indígenas na conservação da Amazônia (por exemplo) e o tratamento dado a êles por tais ONGs, numa visão do poder do dinheiro “protegendo” interêsses escusos. Sugiro também que a academia priorize a pesquisa sobre o quê as populações tradicionais e indígenas precisam e querem, no tocante à utlilização dos recursos naturais (que podem e devem ser corretamente manejados), pois os mesmos têm o direito manter seus modos de vida e culturas preservados, livres do preconceito europeu e americano, lembrando que em quase todas as UCs brasileiras existem populações, indígenas ou tradicionais e que são BRASILEIROS dignos de respeito.

Leia também

Reportagens
25 de outubro de 2021

Exploração ilegal de madeira aumenta no Mato Grosso e chega a 88,3 mil hectares em 2020

Ilegalidade atinge 38% da área total utilizada para extração de madeira no estado. Mais de 10 mil hectares explorados de forma ilegal foram em áreas protegidas

Análises
25 de outubro de 2021

Como frear crises hídricas, as atuais e as futuras?

Acompanhamos de perto, por aqui, uma expansão imobiliária desordenada, que, à luz do dia, destrói nascentes e despeja esgoto diretamente em cursos d’água

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta